Três dicas para obter melhores insights comerciais através da serialização

Conformidade e conectividade agora, insights depois

À medida que 2022 se aproxima, as empresas farmacêuticas e seus parceiros comerciais precisam tomar decisões importantes. A meta é entrar em conformidade com a Lei 13.410 que prevê a rastreabilidade de medicamentos, mas é possível usar essa exigência como um incentivo para melhorar sua empresa?

Considere estas três dicas para selecionar a plataforma de serialização certa que ofereça conformidade e conectividade. Além disso, é importante encontrar o melhor parceiro para o futuro – um parceiro que possa ajudar a posicionar sua empresa como uma organização mais ágil e orientada por dados.

  1. Escolha uma plataforma de serialização compatível com padrões de dados

Um dos elementos mais desafiadores de qualquer projeto de serialização é gerenciar com eficiência pontos de integração junto aos parceiros, como por exemplo, fabricantes subcontratados, logística terceirizada (3PL) ou órgãos governamentais (Anvisa). Integrações bem-sucedidas contam com a capacidade de conectar e alinhar perfeitamente diversas redes. Usar o sistema EPCIS da GS1 é fundamental para uma integração eficiente entre parceiros e clientes.

Tenha cuidado com plataformas inovadoras que não seguem padrões. Essas plataformas geralmente reduzem a flexibilidade e podem aumentar os custos e a comunicação em toda a sua cadeia de suprimentos.   E se você trocar de parceiros? A menos que esteja usando uma plataforma que permite padrões de dados, você pode correr o risco de perder conectividade com novos parceiros ou ficar à mercê de novas e caras integrações.

Em vez disso, foque nos dados e pontos de integração necessários para entrar em conformidade com a serialização e para obter insights que proporcionarão melhorias comerciais. Tenha em mente que insights — e não a conectividade — são o segredo para formar uma cadeia de suprimentos inteligente capaz de ir além da conformidade e alcançar visibilidade abrangente. Você pode não precisar desses insights hoje, mas amanhã vai querer obtê-los para manter uma vantagem competitiva.

  1. Identifique uma plataforma de serialização que beneficie toda a sua empresa a longo prazo

Para alguns, encontrar o parceiro de serialização certo se resume a simplesmente selecionar a plataforma que possa garantir conformidade antes de 2022. No entanto, se sua empresa busca serialização com valor comercial comprovado, é preciso ter uma plataforma que consiga melhorar as operações de forma geral e que ofereça coleta de dados consistente, prestação de informações flexível e ferramentas de implementação automatizadas.

Ao avaliar seus parceiros, entenda os dois lados da moeda. Pergunte qual é o processo do seu potencial parceiro para uma implementação rápida e eficiente, garantindo conformidade. Em seguida, questione como cada um deles planeja oferecer suporte para a sua empresa no futuro.

Com o parceiro e a plataforma certos, você terá tudo que precisa: conformidade, integrações simplificadas e componentes básicos para uma plataforma que possa preparar a sua empresa para futuras melhorias e melhores insights comerciais.

  1. Simplifique os parâmetros e foque na qualidade

Ao avaliar as opções, pense no que realmente importa a longo prazo. A disponibilidade e a experiência do parceiro podem reduzir o custo total de propriedade e aumentar a qualidade de dados. Portanto, verifique o histórico, a estabilidade, as referências e as amostras do trabalho dele.

Peça para que seu potencial fornecedor esclareça sua capacidade de analisar a linha de produção e os insights da parceria ao longo de toda a cadeia de suprimentos. Além disso, pergunte aos fornecedores de logística sobre os percursos dos produtos e a duração do transporte, já que tudo isso pode impactar nos custos ao longo do tempo.

Por exemplo, com dados adquiridos através da rastrabilidade é possível entender o número exato de unidades produzidas a serem vendidas em um determinado dia, dentro de um intervalo de horas específico e em qualquer linha de produção. Insights também podem ser gerados para tempo de permanência ou o tempo que leva para deslocar itens por um local, possibilitando uma melhor tomada de decisão sobre a rapidez com que um produto passa pela cadeia de suprimentos interna e ajudando a identificar possíveis obstáculos no processo.

Uma plataforma de serialização pode ajudar a entender as despesas geradas pela perda de itens devido a problemas de qualidade ou ineficiências de processos, o que consequentemente permite que você foque na redução desses problemas em sua cadeia de suprimentos e rede de parceiros.

Além disso, com a rastreabilidade de produtos é possível determinar o percurso do produto e sua duração até a logística terceirizada, fornecedores ou atacadistas, inclusive diretamente até os consumidores com uma plataforma integrada que prioriza insights acima de conexões básicas. Você precisa de um parceiro que entenda esses pontos de conexão e que possa orientá-lo durante o processo de aplicação destes na sua empresa.

Detectar prazos de implementação e custos exatos pode ser complicado quando se tem parceiros menos transparentes. Com prazos de regulamentação iminentes, busque o parceiro de software de serialização que forneça a abertura e a flexibilidade necessárias para você cumprir exatamente seus requisitos de ferramentas e custo total de propriedade (TCO).

O valor está nos detalhes (dos dados)

Escolher um parceiro de plataforma de serialização não é fácil, mas não deveria ser difícil. Busque parceiros que ofereçam uma estratégia de implantação rápida e eficiente agora, com uma base que permita futuras melhorias comerciais baseadas em dados. Conformidade e conectividade são vitais a curto prazo, mas seu parceiro de serialização também deve ajudar sua empresa a acessar insights, além das conexões, que ofereçam valor a longo prazo e melhorem o TCO.

 

Michael Howe, gerente de operações, Verify Brand Software, OPTEL