200 LOTES DE MEDICAMENTOS CONTAMINADOS CAUSAM PREJUÍZOS A INDÚSTRIA FARMACÊUTICA

Os lotes de medicamentos retirados do mercado pela ANVISA, foram de medicamentos para hipertensão, onde foram detectados no princípio ativo de Losartana e Valsartana impurezas que podem causar câncer.

É importante ressaltar que os fabricantes adquiriram o princípio ativo em países como China e Índia, sendo que segundo a ANVISA os princípios ativos importados, são testados no Brasil, porém esse tipo de impureza detectada é uma novidade, sendo assim, a agência está revisando todas as especificações e aumentando o controle sobre essas substâncias.

Os médicos informam que os cidadãos que necessitam controlar a pressão correm diversos riscos se não utilizarem seus remédios,  por tanto mesmo após retirar os 200 lotes de medicamentos para hipertensão de circulação, a ANVISA alerta para que as pessoas continuem a utilizar seus remédios de combate à pressão, pois apesar dos medicamentos estarem contaminados, eles não representam riscos imediatos a saúde.  


Confira aqui os lotes de remédios que devem ser recolhidos. Verifique o número de lote na caixa: https://bit.ly/2DXWIrK
Com a finalidade de orientar a população, a ANVISA publicou uma nota de esclarecimento sobre o tema. Confira no link: https://bit.ly/2VZQfa6


Se você achou esse artigo interessante, saiba agora como a rastreabilidade de medicamentos será implantada em todo o país e como ela ajudará em casos como esse.

 

Baixe o nosso e-book gratuito