8 PASSOS PARA PREPARAR A SUA FARMÁCIA PARA A AUTENTICAÇÃO DE MEDICAMENTOS E PARA A DMF DA UE

Get registered to your NMVS

8 PASSOS PARA PREPARAR A SUA FARMÁCIA PARA A DMF DA UE

Embora a Diretiva dos Medicamentos Falsificados da União Europeia (DMF UE) entre em vigor 9 de fevereiro de 2019, muitas farmácias ainda não formularam os seus planos para entrar em conformidade com a diretiva.

As conversas com farmacêuticos de farmácias comerciais e de hospitais tendem a seguir um rumo semelhante. Existe a expectativa de que a obrigatoriedade será de algum modo adiada, de maneira que não é necessário ter pressa para identificar uma solução adequada. Isso não vai acontecer. Conforme uma carta enviada recentemente pelas três agências médicas da União Europeia diz muito claramente, “todos os intervenientes devem agir agora para assegurar a conformidade com as novas regras enquanto ainda há tempo suficiente para se prepararem.”

A verificação e desativação obrigatórias de medicamentos de prescrição médica entrarão em vigor como planejado devido ao perigo que representa o problema subjacente: a necessidade de proteger os pacientes do perigo crescente dos medicamentos falsificados. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 10 % dos medicamentos em circulação global são na verdade falsos e são um dos principais fatores para que todos os anos haja um milhão de mortes que poderiam ser prevenidas, especialmente em países em desenvolvimento, e estes produtos normalmente entram na cadeia de distribuição através da Europa.

A DMF UE também é um importante primeiro passo rumo à transformação digital das farmácias. Atualmente, muitos funcionários das farmácias gastam uma quantidade de tempo significativa na realização de tarefas manuais que poderiam ser automatizadas através do uso de muita da tecnologia em que vão investir para estar em conformidade com a DMF UE. Por exemplo, a verificação dos medicamentos na fase de entrada conclui a primeira fase do processo de desativação e elimina a necessidade de processos separados de gestão de inventário.

Em vez de ter de fazer verificações de estoque manualmente, os funcionários da farmácia podem fazer um inventário permanente e evitar situações de fim de estoque. No momento em que um produto fique abaixo de um nível mínimo de estoque, um reabastecimento automático pode ser acionado. Tal como disse recentemente a NHS (sistema de saúde do Reino Unido): “Os processos ineficientes, com base no papel, aumentam o potencial para errar e têm um custo financeiro, de forma que digitalizar as receitas e a distribuição de medicamentos tem um potencial enorme para melhorar os cuidados com os pacientes e aumentar os níveis de segurança.”

 

COMO LEVAR À RISCA O PROCESSO DE CONFORMIDADE COM A DMF UE — UM GUIA DE 8 PASSOS PARA AS FARMÁCIAS

1. Familiarize-se com o novo processo de autenticação de medicamentos da DMF UE, como vai ser implementado e qual é o seu papel nele. Isto inclui a revisão de estudos piloto que delineiam a forma como as soluções de software e hardware podem ser utilizadas como suporte à conformidade. Veja como vai funcionar na prática.

2. Pesquise potenciais fornecedores de software de NMVS e estabeleça com eles um contrato e um acordo de nível de serviço. Estão disponíveis muitas soluções de software e as mais fáceis de implementar estão inteiramente armazenadas numa cloud.

3. Registe-se formalmente no NMVS online. O primeiro passo para o registo é criar uma conta para o seu Requerente. O Requerente deve então especificar o seguinte:

• Localização do Utilizador Final, Contacto da Localização do Utilizador Final e um Fornecedor de Software
• O registo requer a seguinte informação:
• Nome da Entidade Legal e Morada na Localização do Utilizador Final
• Função/Funções na Localização do Utilizador Final
• Corpo de Registo da Localização e ID de Registo
• Nome, Email e Telefone de Trabalho do Contacto da Localização do Utilizador Final
• O Nome do seu Fornecedor de Software, Nome e Versão do Software.

4. Ligue a sua solução de software da DMF UE ao seu NMVS através das credenciais obtidas com o registo no NMVS.

5. Instale um leitor ótico ou leitor de código de barras e assegure-se de que está a trabalhar adequadamente com o software e com o interface NMVS.

6. Atualize os processos de fluxo de trabalho da farmácia. Este é potencialmente um dos mais difíceis processos de levar a cabo com sucesso, e é fundamental, uma vez que os regulamentos da DMF UE terão inevitavelmente um impacto no fluxo de trabalho. Perguntas como “qual é a melhor altura para desativar produtos?” têm de ter uma resposta. Ajuda fazer um teste piloto para identificar o melhor ponto do fluxo de trabalho da farmácia para ler opticamente produtos que minimizem uma rutura.

7. Atualize o seu procedimento operacional. Deve ser feita uma leitura ótica dos medicamentos durante o processo de venda, o quer requer que o procedimento operacional de Venda seja corrigido.

8. Comece as leituras óticas. Apesar de os regulamento não entrarem em vigor até 9 de fevereiro de 2019, o nosso conselho é que comece a ler oticamente os produtos logo que tenha instalado uma solução de conformidade.

Como referiram as três agências médicas da União Europeia, as farmácias dos hospitais e as instituições de cuidados de saúde têm a tarefa fundamental de garantir a autenticidade dos medicamentos aviados aos pacientes. É importante que todos os intervenientes ajam rapidamente para assegurar que estão em conformidade com os regulamentos da DMF da UE, enquanto ainda há tempo para se prepararem.

O Grupo OPTEL desenvolveu uma demonstração online fácil de usar para mostrar aos farmacêuticos quão simples pode ser o processo de conformidade com a DMF.

Experimente – só é necessário utilizar a câmara de um telefone.

Autora:
Korina Fischer, Vice-Presidente, Departamento de Saúde, OPTEL

 

 

 

ESTEJA EM CONFORMIDADE COM A OPTEL

O Software OPTEL Certa realiza a verificação de código de barras, bem como a desativação de medicamentos de prescrição médica. Com a sua comunicação segura e estável com os países do NMVS por toda a UE, este produto web único providencia aos profissionais de saúde uma solução imediata para a conformidade com a DMF da UE.

FAÇA A PRÉ-ENCOMENDA HOJE!